Zelda Breath of the Wild – DLC
0

Zelda Breath of the Wild – DLC

jan 04 Link  
  • Gameplay
  • Difficulty
  • Effects
  • Graphics

The Legend of Zelda Breath of the Wild é o aclamado jogo de aventura em mundo aberto da Nintendo. Lançado para Switch e Wii U, o game é favorito ao posto de melhor de 2017, e seu primeiro DLC, The Master Trial, o tornou ainda melhor com mais desafios, itens e recursos. Conheça todas as mudanças em nosso teste completo:

Aprimorando a perfeição

Após o sucesso das expansões de conteúdo lançadas para o spin-off Hyrule Warriors, Breath of the Wild é o primeiro jogo da série principal de Zelda a receber conteúdo adicional por meio de DLC, e o faz por meio de um pacote com excelente custo-benefício.

A Nintendo disponibilizou um passe de temporada por 20 dólares na eShop. Sua compra dá direito à duas expansões, sendo que a primeira foi disponibilizada em 30 de junho de 2017, e a última sairá no final do ano, com ainda mais conteúdo para um jogo que já impressiona por sua fartura de opções.

The Legend of Zelda Breath of the Wild: DLC trouxe muito conteúdo novo ao game (Foto: Divulgação / Nintendo)

The Legend of Zelda Breath of the Wild: DLC trouxe muito conteúdo novo ao game (Foto: Divulgação / Nintendo)

 

Mais desafiador

Ao natural, Breath of the Wild já é um dos títulos mais difíceis da série, e não é raro esbarrar com dezenas ou centenas de telas de Game Over ao longo da jornada. Ainda assim, agora é possível dificultar ainda mais as coisas.

O maior destaque do primeiro DLC, adequadamente batizado como The Master Trials, é o Master Mode, modo que torna o jogo inteiro mais complicado. É preciso começar um save do zero para curtí-lo, já que todo o design do game é alterado, mas vale a pena para quem busca um dos maiores níveis de dificuldade do mercado.

The Legend of Zelda Breath of the Wild: Master Mode é um desafio gigantesco (Foto: Reprodução / Thomas Schulze)

The Legend of Zelda Breath of the Wild: Master Mode é um desafio gigantesco (Foto: Reprodução / Thomas Schulze)

A jornada do mestre

O Master Mode mostra que não está para brincadeira logo nos primeiros minutos, já que basta explorar um pouco o Great Plateau, a primeira área do jogo, para encontrar um Lynel, um inimigo muito avançado que figura entre os mais fortes do game.

Cada criatura presente no cenário teve sua força aumentada. Onde antes estariam os Bokoblins mais fracos, dessa vez estarão Bokoblins de cores mais resistentes. Seu campo de visão aumenta e, para piorar, todos os rivais ainda recuperam energia com o passar do tempo, o que altera a dinâmica das batalhas.

The Legend of Zelda Breath of the Wild: as áreas se tornaram mais desafiadoras (Foto: Reprodução / Thomas Schulze)

The Legend of Zelda Breath of the Wild: as áreas se tornaram mais desafiadoras (Foto: Reprodução / Thomas Schulze)

Caminhando contra o vento

Ao longo da campanha, é necessário caminhar bastante pelo gigantesco mapa lotado de atividades de Breath of the Wild, e ocasionalmente o jogador podia se perder ou esquecer qual caminho foi trilhado.

Após a compra do DLC, o jogo passa a mostrar no mapa nada menos que as últimas 200 horas de caminhada do jogador. Para auxiliar ainda mais na exploração, foi inserido um novo item de teleporte que permite chegar instantaneamente a um ponto já visitado do mapa, uma verdadeira mão na roda.

The Legend of Zelda Breath of the Wild: uma nova missão introduz o item de teleporte (Foto: Reprodução / Thomas Schulze)

The Legend of Zelda Breath of the Wild: uma nova missão introduz o item de teleporte (Foto: Reprodução / Thomas Schulze)

Download grátis do app do TechTudo: receba dicas e notícias de tecnologia no Android ou iPhone

Máscara de Majora (e muitas outras!)

Quem gosta de alterações cosméticas ou simplesmente aprecia o passado da franquia terá muito o que fazer no novo DLC, já que ele automaticamente habilita novas missões paralelas com prêmios incríveis.

Cada baú inédito está bem escondido em Hyrule, mas traz mimos excelentes como roupas de Tingle, Midna e muitos outros personagens e símbolos conhecidos, como a máscara de Majora. O maior destaque é a útil máscara de Korok, que serve como radar para o jogador encontrar as 900 Korok Seeds espalhadas pelo cenário.

The Legend of Zelda Breath of the Wild: a máscara de Korok ajuda a encontrar seeds (Foto: Reprodução / Thomas Schulze)

The Legend of Zelda Breath of the Wild: a máscara de Korok ajuda a encontrar seeds (Foto: Reprodução / Thomas Schulze)

A Espada era a Lei

A última novidade também é um spoiler para quem ainda não terminou o jogo principal, então considere-se alertado. O acréscimo mais legal do primeiro DLC é o modo Trial of the Sword, acessado através da Master Sword.

Ao visitar as Lost Woods, o jogador pode participar de uma maratona de desafios na linha de Cave of Shadows em Twilight Princess. Começando totalmente despreparado, sem itens, armas ou roupas, Link precisa superar 45 fases seguidas de desafio crescente.

The Legend of Zelda Breath of the Wild: DLC trouxe sidequests para todos os gostos (Foto: Reprodução / Thomas Schulze)

The Legend of Zelda Breath of the Wild: DLC trouxe sidequests para todos os gostos (Foto: Reprodução / Thomas Schulze)

Embora a missão seja gratificante por si só, concluí-la aprimora a mais famosa arma da série e faz com que a Master Sword fique sempre brilhando, totalmente carregada de força. Um poder digno do grande herói e do clássico moderno que é Breath of the Wild!

About Link